Update Infraestrutura PTisp: Novo cluster com 1 Petabyte adicional de Storage

by PTisp

A PTisp considera fundamental melhorar, de forma contínua, a qualidade do seu serviço e mesmo em tempos difíceis mantém este compromisso consigo.  Neste sentido, recentemente, implementamos melhorias na nossa infraestrutura e nas nossas soluções para continuar este caminho pautado pela solidez, qualidade e inovação.  Como tal, agora dispomos de um novo cluster com 1 Petabyte adicional de Storage, disponível para backups e rede de 20Gbps e 40Gbps.

Porque deve efetuar backups? Sabe quais os motivos mais comuns para perda de dados?

Todos os dias trabalhamos com informação, quer seja a nível pessoal, quer seja a nível profissional. O que aconteceria se subitamente perdesse a informação existente no seu computador ou no servidor? A perda ou impossibilidade de aceder a informação crítica de um negócio, poderá coloca em causa a sua atividade e, em alguns casos, a sua viabilidade.

  1. Falhas de Hardware: As falhas de hardware podem levar a perda dos conteúdos alojados nos servidores ou em workstations. Mesmo que os conteúdos em equipamentos redundantes, por exemplo, com RAID, existe sempre a possibilidade de perda de dados.
  2. Ação humana: Quer seja por erro humano onde se apaga dados válidos, quer seja por acção maliciosa e intencional ou assaltos, são imensas as situações que podem levar à perda de dados.
  3. Ataques informáticos: Os ataques de ransomware têm aumentado cada vez mais e colocam em causa a segurança dos dados. Uma das principais formas de recuperação destes ataques passa pela existência de backups atualizados e que permitam aceder rapidamente aos dados. Estima-se também que, a cada 10 segundos, existe um dispositivo atingido por ataques de ransomware.
  4. Desastres naturais: São uma variável incontrolável, seja por uma cheia, terramoto, entre outras ameaças naturais, a destruição de dados é uma ameaça real nestas situações.

Por isso, a existência de backups e de um plano de alta-disponibilidade e/ou de Disaster-Recovery é fundamental para salvaguardar a informação imprescindível para o seu negócio, permitindo-lhe responder a um incidente que leve à perda de informação de forma definida rápid

Backup as a Service (BaaS) ou Disaster Recovery as a Service (

DRaaS): O que escolher?

No caso do BaaS os seus dados são protegidos e enviados para storage e para localizações remotas que asseguram a sua disponibilidade. Neste serviço, poderá definir quais os dados a proteger e qual a frequência do backup, sendo, depois, a informação armazenada de forma segura e estando disponível 24h por dia, 7 dias por semana.

Embora os dados estejam protegidos e disponíveis, num caso de falha do servidor produtivo torna-se necessário reinstalar e reconfigurar todo o software e só depois são repostos os dados. Dependendo da complexidade da solução e da quantidade de dados a repor, este processo pode levar horas ou até mesmo dias, o que poderá ter um impacto significativo na operação e na continuidade do negócio.

O DRaaS  inclui a proteção de dados do BaaS, mas também dos serviços e das aplicações. No DRaaS é efetuada uma réplica do(s) servidor(es) para uma segunda localização e infraestrutura, tendo como objetivo garantir continuidade de negócio em caso de falha do servidor principal. O tempo de replicação pode ser definido de acordo com as necessidades do cliente, podendo ser feito de forma diária, horária ou mesmo contínua.

Na eventualidade de uma falha é ativado o Failover Plan e o servidor de réplica assume o papel de servidor principal garantindo a continuidade dos serviços do cliente. Após a resolução de problema no website/servidor principal é efetuado o Failback to Production que consiste na cópia dos dados, entretanto, introduzidos no servidor de réplica para o servidor original.

→ Saiba mais sobre os serviços de Backups/Segurança

Se tiver dúvidas ou pretender obter mais informações sobre os nossos serviços de Backup, contacte-nos!  Para isso, envie email para sales@ptisp.pt, contacte-nos via livechat ou através do nosso contacto telefónico 707 200 933.

 

Translate »